Novidades e melhorias nos serviços do Google

Notícias G Suite

Nova interface de Grupos do Google lançado em versão Beta

Quais alterações são implementadas pelo Google?

Ao longo deste ano, o Google substituirá a interface atual de Grupos do Google por uma nova experiência. Durante o mês de Março, o Google ofereceu a possibilidade de se registrar para testar essa nova experiência em uma versão Beta, para permitir que as organizações registradas pudessem acessar a nova interface do usuário antecipadamente e a vantagem de se preparar para a migração da versão clássica dos Grupos. Cabe destacar que, atualmente, o Google não aceita mais registros para a versão beta, pois os locais para essa participação já foram preenchidos.

Quem é afetado pela mudança?

Administradores e usuários finais

Por que usar esse recurso?

A nova experiência de Grupos inclui uma aparência nova e moderna, além de controles intuitivos e simplificados que são consistentes com outras ferramentas de G Suite, como o Gmail. Os participantes da versão beta poderão examinar a nova interface, fornecer feedback ao Google e preparar seus usuários para futuras migrações.

O Google ainda está trabalhando para melhorar a nova experiência de Grupos e que alguns recursos que existem atualmente na versão clássica de Grupos não estão disponíveis na versão Beta. 

Especificamente, os usuários da nova versão Beta de Grupos não terão acesso aos seguintes recursos:

  • Caixas de entrada colaborativas
  • Tags e categorias
  • Experiência de navegador móvel para a nova versão de Grupos
  • Mensagens de boas-vindas acima das conversas de grupo
  • Acesso a mensagens moderadas

Os usuários da versão Beta ainda poderão retornar à versão clássica de Grupos a qualquer momento para acessar funções que não estão disponíveis. Para isso, podem clicar no ícone de configurações que se encontra no canto superior direito da página e selecionar “Visitar a versão clássica de Grupos do Google”. Quando a versão Beta estiver ativada, os usuários poderão alternar entre essa versão e a versão clássica de Grupos sempre que necessário. 

Retornar à versão clássica de Grupos à partir da nova versão Beta
Retornar à nova versão Beta de Grupos à partir da versão clássica

Visite a Central de Ajuda do Google para saber mais sobre as funções disponíveis na nova versão Beta de Grupos.

Detalhes adicionais

A nova experiência de Grupos será lançada em três etapas:

  • Versão beta com a opção de retornar à versão clássica: Não são mais solicitadas participações na versão Beta. Os usuários inscritos na versão Beta migrarão automaticamente para a nova experiência de Grupos, com a opção de retornar à versão clássica a qualquer momento.
  • Disponibilidade geral com a opção de reverter para a versão clássica: após a versão Beta, o Google apresentará a nova experiência de Grupos a todos os clientes de G Suite. Ele anunciará a data específica dessa fase de disponibilidade geral no Blog de atualizações do G Suite com pelo menos duas semanas de antecedência. Além disso, neste momento, os administradores terão a opção de controlar o acesso dos usuários à interface do usuário no Console do administrador. Se um administrador não executar nenhuma ação, seus usuários verão a nova experiência de Grupos quando visitarem groups.google.com. Além disso, os usuários terão a opção de retornar à versão clássica de Grupos a qualquer momento.
  • Transição obrigatória para a nova versão de Grupos: No final deste ano, todos os usuários migrarão para a nova versão de Grupos e não poderão mais retornar à versão clássica. Além disso, os administradores não poderão impedir que os usuários acessem a nova interface do usuário de Grupos. O Google anunciará a data específica dessa transição no Blog de atualizações do G Suite com pelo menos um mês de antecedência.

Disponibilidade 

A versão Beta estará disponível para clientes de G Suite que foram aceitos para participação após solicitações de recursos

Links úteis

Central de Ajuda – Sobre atualização da nova versão Beta de Grupos

Central de Ajuda- Recursos de administrador predefinida

Central de Ajuda- Grupos

Central de ajuda – Treinamento e ajuda sobre Grupos do Google


Use atalhos para criar indicadores para qualquer arquivo ou pasta no Google Drive

Que alterações o Google implementa?

No ano passado, o Google anunciou uma versão Beta para atalhos no Google Drive. Agora, esse recurso está disponível para o público em geral e foi lançado para todos os clientes de G Suite e usuários que possuem uma conta pessoal do Google.

No Drive, os atalhos facilitam a organização do conteúdo e direcionam os usuários para informações e arquivos relevantes em várias unidades.

News in Google services

Quem é afetado pela mudança?

Administradores e usuários finais

Por que usar esse recurso?

Atalhos são indicadores de conteúdo que podem ser armazenados em outra pasta ou unidade, em uma unidade compartilhada ou na pasta “Meu Drive” de um usuário específico.

Por exemplo, imagine que Paul, gerente de Marketing, crie o documento “Estratégia de marketing” e o compartilhe com a equipe de Vendas. Greta, a gerente de Vendas, agora pode criar um atalho para o documento na unidade compartilhada “Vendas”, permitindo que todos os membros da equipe de Vendas acessem o arquivo de maneira rápida e fácil.

Detalhes adicionais

Visibilidade de atalhos e permissões de compartilhamento

Os atalhos são visíveis para todos que têm acesso às pastas ou unidades que os contêm. No entanto, mesmo que uma pessoa possa ver o atalho, ela só poderá abri-lo se tiver acesso adequado ao arquivo ou pasta original.

Simplificando o envio de arquivos e pastas para vários locais 

Com o objetivo de criar uma experiência consistente para gerenciar e exibir arquivos de referência no Drive, alteramos a opção “Adicionar ao Meu Drive” para “Adicionar atalho ao Drive”.

Alterações no modelo de compartilhamento e na estrutura das pastas do Drive a partir de 30 de setembro  

A partir de 30 de setembro de 2020, um arquivo não poderá mais ser colocado em várias pastas do Meu Drive, mesmo que seja feito por Mídia da API do Drive. A partir dessa data, todos os arquivos terão um único local.

Após 30 de setembro de 2020, todos os arquivos que já estão em vários locais do Meu Drive serão migrados gradualmente para atalhos.

Os administradores ou usuários finais não precisam executar nenhuma ação. Recomendamos que os desenvolvedores consultem o blog Cloud para obter mais informações sobre essa e outras alterações a serem feitas na API do Drive.

Como começar?

Usuários finais: Esse recurso está disponível por padrão. Visite a Central de Ajuda para saber mais sobre o uso de atalhos no Google Drive. 

Administradores: Consulte o artigo da Central de Ajuda para obter mais informações sobre como criar e gerenciar atalhos no Google Drive. Para obter mais detalhes sobre as próximas alterações no modelo de compartilhamento e na estrutura de pastas do Drive, consulte o artigo do blog Cloud. 

Ritmo de implantação 

Versão Web do Drive

  • Domínios de lançamento rápido: Lançamento gradual a partir de 26 de março de 2020 
  • Domínios de lançamento programados: Lançamento gradual a partir de 15 de abril de 2020 

Versão do Drive para Android ou iOS

  • Lançamento gradual a partir de 26 Março de 2020. Para Android, é necessária a versão 2.20.10 do aplicativo ou uma versão superior, enquanto que, para iOS é necessária a versão 4.2020.08 ou superior 

Drive File Stream

  • Essa função já está disponível e requer a versão 37.0 do aplicativo ou uma versão superior 

Backup e sincronização

  • Este recurso já está disponível e requer a versão 3.46 do aplicativo ou uma versão superior 

Disponibilidade 

Está disponível para todos os clientes do G Suite e usuários que possuem contas pessoais do Google.

Links úteis

Central de Ajuda – Criar e gerenciar atalhos no Google Drive

Gostaria de ter mais informações

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER