Tendências em Business Intelligence por Tableau

Business Intelligence

Tendencias del Business IntelligenceA inteligência de negócios avança a passos largos junto com as necessidades das organizações, que consideram o análise de dados um pilar fundamental para a tomada de decisões. Hoje temos uma nova geração de Business Intelligence, que obriga as ferramentas a se adaptarem a essas novas tendências e, claro, aos usuários.

Tableau Software é reconhecida pelos analistas – de acordo com a prestigiada consultora Gartner – como a ferramenta com mais usabilidade do mercado e com mais visão de negócio. Este reconhecimento, coloca a empresa de Seattle em uma boa posição para indicar o que considera as principais tendências em Business Intelligence. Vamos ver quais são:

  • A análise de dados ( BI ) simplificado

A chegada do auto-serviço ao mundo de Business Intelligence significa também, uma mudança no gerenciamento de dados e as empresas estão investigando as mudanças que isso implica. Agora elas enfrentam o desafio de se adaptar, simplificar os processos, envolver os profissionais adequados e integrar análises de negócio no funcionamento da organização de forma permanente.

  • A análise de redes sociais é uma nova fonte de “conhecimento” que enriquece exponencialmente a análise interna das empresas

Em 2014, a análise de dados em redes sociais começou a ser levado a sério e já começaram a dar frutos para as empresas. O fato de rastrear conversas dos usuários pode identificar tendências e saber sobre o quê estão falando seus clientes, o que é uma grande vantagem competitiva.

  • A necessidade de análise existe em toda a organização: quem não mede não controla

Hoje, gerentes de operações e distribuição ou profissionais de vendas podem ser analistas de dados devido a tecnologias mais simples para o usuário, tais como Tableau, com o qual é possível fazer análises baseado em navegador e responder a perguntas ad hoc. Empresas que consideram isso como uma vantagem estratégica, ajudarão seus analistas com dados, ferramentas e treinamento.

  • Comunidades de usuários de diferentes empresas se convertem em uma nova forma de colaboração

Conhecida como a “consumerização das TIC” é uma realidade. Comunidades de usuários de diferentes empresas se convertem em novas fontes de informações valiosas para outros usuários potenciais.

  • Tudo se integra e fontes de dados se diversificam

Nos últimos 10 anos tem havido uma grande inovação no mundo dos dados, resultando em ambientes mistos em tudo, fontes on premise e fontes online, grandes volumes de dados e arquivos excel para combinar, desde armazenamento até aplicativos de negócio. As organizações precisam de processos simples para gerenciar e mover seus dados, mas também uma integração rápida e eficaz, tal qual Business Intelligence.

  • A análise na nuvem já não são apenas para dados na nuvem

Embora até agora a análise na nuvem tinha sido aplicada principalmente aos dados na nuvem, começaram a analisar também os dados locais. As organizações começam a confiar em análise na nuvem para seus casos de negócio, além de seus dados se encontrarem nela ou não.

  • As “conversas” com dados substituem os dashboards estáticos (à medida que os analistas fazem mais perguntas, estas são cada vez mais inteligentes – essa é a conversa com os dados)

Hoje os dados são tão interativos como para ser o tema das conversações. A análise em tempo real e atualização instantânea, pode ser combinada com outros dados e redesenhar a análise para obter novas perspetivas, o que será ainda mais útil para as organizações.

  • A tecnologia móvel madura

Nossa forma de trabalhar, tende inevitavelmente a mobilidade geográfica e acesso aos dados não pode ser restringido por ela. Pelo contrário, deve ser reforçado e produzir melhores resultados e interfaces adaptadas e simples para nossos dispositivos móveis. Hoje, as ferramentas empenham seus esforços em melhorar a experiência móvel.

  • Começam a aparecer análise inteligentes

Os avanços  gráficos e intuitivos das ferramentas permitem que os usuários de negócios façam análise preditiva (o que vai acontecer?) sem consultar especialistas e sem necessidade de programação. A medida que o auto-serviço em análise de informação se torna mais habitual, tarefas tais como previsões e predições, se tornarão mais comuns e muito menos complicadas.

Para discutir estas tendências na prática e ajudar a sua empresa a segui-las, você pode entrar em  contato com Intelligence Partner.

Fonte: Top 10 business Intelligence trends 2015

Mais informações: Tableau, o melhor segundo o Magic Cuadrant de Gartner; Você pode ser um expert com Tableau; É boa sua estratégia de gestão de dados?;  Contatar Intelligence Partner.

 

Gostaria de ter mais informações